Violência política

NO BRASIL

A morte do guarda municipal Marcelo Arruda levantou um debate sobre a violência política no nosso país.

Reprodução/TV Globo


Aos 50 anos, ele foi assassinado por Jorge José da Rocha Guaranho, que não o conhecia.


O assassino entrou em sua festa de aniversário aos gritos de “Bolsonaro 2022” e matou o petista. 

O caso soma-se com as estatísticas de violência política, que têm aumentado drasticamente nos últimos anos.

Reprodução/Giphy/@linski101


No ano de 2020, foram 27 assassinatos e 80 atentados contra candidatos aos pleitos municipais. 

Dados levantados pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO) mostram 113 casos de violência política no Brasil no primeiro trimestre de 2022.




Os dados apontam para uma redução da qualidade da democracia no Brasil.

HYPENESS, INOVAÇÃO E CRIATIVIDADE PARA TODOS.

HYPENESS.COM.BR