Vida de idosos melhora em

CORAIS

Uma nova pesquisa acadêmica prova que fazer parte de um coral comunitário reduz a solidão de idosos e aumenta o interesse deles pela vida

"Há uma alta porcentagem de idosos que experimentam a solidão, e a depressão nessa faixa etária também é relativamente alta", alerta a principal autora da pesquisa, Dra. Julene Johnson

Reitora associada de pesquisa e professora da Escola de Enfermagem da UCSF, Julene explica: “É necessário desenvolver novas abordagens para ajudá-los a permanecer engajados e conectados à comunidade”

Estudos anteriores também mostraram que o isolamento social pode agravar o estado de saúde dos mais velhos, enquanto atividades artísticas em conjunto podem ser uma boa alternativa para o problema

Iniciativas como corais podem ser oferecidas em comunidades, têm custo relativamente baixo de implementação, são envolventes e podem ser culturalmente adaptadas

Para realizar a pesquisa, 12 centros de apoio a idosos em São Francisco entraram para um programa de coral semanal voltado para pessoas com mais de 60 anos

Ao fim das análises, os pesquisadores descobriram que idosos que cantaram em corais por seis meses tiveram melhorias significativas na solidão e no entusiasmo pela vida

Mais pesquisas são necessárias para entender como corais melhoram o bem-estar e a saúde de idosos a longo prazo, mas já é possível dizer que os resultados são animadores

imagens

Produção DE web stories

textos

Bárbara Martins
Matheus Honorato

Getty Images

Redação Hypeness

INOVAÇÃO E CRIATIVIDADE É NO HYPENESS