Uma aldeia perdida de

2 MIL ANOS

As ideias de cidades perdidas e esquecidas acenderam o imaginário popular recentemente com as fake news sobre a fictícia Ratanabá.

Reprodução/Giphy

Mas a cidade de Ozette, nos EUA, foi soterrada há mais de 300 anos. Somente recentemente ela foi descoberta.

Ela era ocupada pelo povo Makah, uma comunidade indígena culturalmente dedicada à caça de baleias.

Nos anos 1970, os indígenas entraram em contato com uma universidade para tentar recuperar os artefatos que haviam sido soterrados.

O soterramento ocorreu no século XVIII, mas os artefatos estavam todos muito bem preservados.

A datação dos objetos permitiu aos cientistas descobrir peças de pelo menos dois mil anos de idade no sítio arqueológico.

O “Projeto Ozette” se tornou um dos achados arqueológicos mais importantes da América do Norte.

HYPENESS, INOVAÇÃO E CRIATIVIDADE PARA TODOS.

HYPENESS.COM.BR