Um experimento com

LSD DA CIA

Durante os anos 1950, a CIA colocou em prática a sua operação que ficou conhecida como MK Ultra.

A Agência de Inteligência dos EUA queria controlar a mente das pessoas através de drogas psicodélicas como o então recém-descoberto LSD.

Reprodução/Giphy

A CIA esperava que a droga fosse capaz de ser usada em cenários de guerra e contra prisioneiros dos EUA.

Diversos experimentos ilegais foram conduzidos e a maioria deles envolve graves torturas físicas e psicológicas.

O MKUltra tinha como meta "criar técnicas de romper a psiqué humana ao ponto de fazer com que o indivíduo admita que fez qualquer coisa, seja o que for", de acordo com a CIA.

Reprodução/Giphy

Até professores de Harvard colaboraram com o experimento, mas os estudos não deram certo e, após 1972, ele foi encerrado pelo governo dos EUA.

Posteriormente, o projeto foi referenciado diversas vezes na cultura pop, como na série “Stranger Things” e “Wormwood”, ambos da Netflix.

HYPENESS, INOVAÇÃO E CRIATIVIDADE PARA TODOS.

HYPENESS.COM.BR