cegos

Um app que substitui o cão-guia para corredores

O corredor Thomas Panek descobriu que iria ficar cego por uma condição genética, mas isso não deixou que ele perdesse o desejo de continuar correndo.

Entretanto, corredores cegos necessitam de parceiros para suas jornadas ou cães guias que aguentem o fôlego de um profissional.

Panek não se deixou levar e desenvolveu um aplicativo com inteligência artificial para conseguir fazer o seu trajeto de corrida matinal.

Em parceria com o Google, ele fez com que a câmera de seu smartphone identificasse obstáculos no chão e fez com que ele seguisse correndo na orientação certa através de uma guia pintada na estrada.

Com a tecnologia, Panek pôde se tornar a primeira pessoa cega a correr 5 km sem nenhuma pessoa ou animal como assistência.

Agora, a esperança é que a tecnologia possa receber aportes e se popularizar ao redor do planeta.

INOVAÇÃO E CRIATIVIDADE É NO HYPENESS

CLIQUE AQUI E LEIA MAIS!