TRE ridiculariza defensores

VOTO IMPRESSO

No último sábado (15), o presidente Jair Bolsonaro participou de um ato político em defesa do voto impresso para as eleições de 2022.

O mandatário da República afirmou que ‘caso não haja voto impresso’ um de seus concorrentes eleitorais será o vencedor das eleições.

O presidente disse, sem provas, que o sistema de urnas eletrônicas, que o elegeu chefe do executivo em 2018, é ‘fraudulento’.

Por serem desconectadas de uma rede - seja de internet ou intranet - é praticamente impossível haver uma fraude em grande escala no sistema eleitoral brasileiro.

“Tivemos problemas pavorosos na contagem dos votos de papel. De modo que o advento das urnas eletrônicas mudou a qualidade da democracia no Brasil e desde então ela vem sendo utilizada pelo sucesso, jamais sendo documentado se quer um caso de fraude”, afirma o ministro Roberto Barroso, presidente do Tribunal Superior Eleitoral.

Mídia | Wikipedia

Esse foi o vídeo publicado pelo TRE do Paraná, satirizando os defensores do voto impresso:

INOVAÇÃO E CRIATIVIDADE É NO HYPENESS