após 50 anos

Pesquisadores comprovam teoria de Stephen Hawking após

Há 50 anos atrás, Stephen Hawking havia desenvolvido uma teoria que comparava o comportamento de buracos negros com objetos térmicos.

Partindo do pressuposto de que o calor nunca pode passar de um objeto frio para um objeto quente - a famosa segunda lei da termodinâmica - Hawking fez um teorema sobre os misteriosos buracos negros.

Segundo o astrofísico britânico, o horizonte de eventos - a linha que circunda os buracos negros - nunca poderia diminuir de tamanho.

Os pesquisadores do MIT observaram a fusão de um buraco negro através de uma onda gravitacional e perceberam que a teoria de Hawking havia se provado na realidade.

“Hawking conseguiu coordenar essas ideias em 1971, mostrando que os buracos negros têm entropia e emitem radiação em escalas de tempo muito longas se seus efeitos quânticos forem levados em consideração”, diz um comunicado do MIT.

“Com este estudo, confirmamos com alguma precisão essa previsão fundamental de Hawking sobre como os buracos negros deveriam funcionar. É muito importante que essas teorias, até agora principalmente abstratas, possam ser abordadas por meio de uma análise observacional“, explicou o físico uruguaio Maximiliano Isi, que coordenou os estudos.

INOVAÇÃO E CRIATIVIDADE É NO HYPENESS

CLIQUE AQUI E LEIA MAIS!