SAMAÚMA

Sagrada para os maias, no México, e para diversos povos indígenas brasileiros, a samaúma é considerada a árvore rainha da Amazônia

Com alturas que variam de 60 a 70 metros (mas que podem chegar a 90), a “mãe-das-árvores” é conhecida pela imensidão do tronco, que pode ter cerca de três metros de diâmetro

Isso além da capacidade de retirar água das profundezas do solo para abastecer não apenas a si mesma, mas também para irrigar outras espécies da região

Também chamada de mafumeira, sumaúma e kapok, a majestosa árvore tem madeira macia e produz frutos bastante utilizados na produção de estofados e no enchimento de almofadas e travesseiros

Por conta da fibra presente nas sementes, o material se tornou uma alternativa ao algodão e é característica-chave da planta

Nativa de regiões da América Central, do norte da América do Sul e da África Ocidental, a samaúma também apresenta propriedades medicinais

Além de o chá da casca funcionar como diurético, diferentes partes da árvore podem ser utilizadas no tratamento de doenças como bronquite, artrite e conjuntivites

imagens:

PRODUÇÃO DE WEB STORIES

textos

Bárbara Martins
Matheus Honorato

Getty Images

Redação Hypeness

INOVAÇÃO E CRIATIVIDADE É NO HYPENESS