Sacerdote celebra

CASAMENTOS GAYS

Reverendo da Igreja Anglicana de Santos, no litoral de São Paulo, o sacerdote Sergio Ferreira celebra casamentos gays

Reprodução / Arquivo pessoal

 “No passado, a igreja cristã já permitiu o extermínio dos índios, dos negros [com a escravidão] e agora permite o extermínio dos homossexuais”, diz ele, ao “G1”

Reprodução / @revsergioferreira

“É preciso ter uma real conversão a Jesus Cristo, porque ele não prega o ódio. Por isso, não acreditamos que ser gay seja um pecado”, continua o reverendo

Reprodução / @revsergioferreira

“Essa é a pessoa e temos que aceitá-la. Isso não te faz pior do que ninguém”, finaliza ele, que foi ordenado sacerdote em 2017

Reprodução / @revsergioferreira

Até dezembro de 2020, Sergio já havia realizado duas cerimônias entre pessoas do mesmo sexo

Reprodução / @revsergioferreira

A primeira foi de um casal de velhinhos que já está junto há 25 anos e sonhava em casar na igreja. A segunda uniu um casal de mulheres, no Guarujá

Reprodução / Arquivo pessoal

Fora os casamentos, o reverendo Sérgio também é líder de um projeto social que busca orientar e ajudar jovens gays que sofrem preconceito

Reprodução / Arquivo pessoal

Para o religioso, o mais importante para a realização de um casamento é o amor, e não o sexo dos envolvidos

Reprodução / @revsergioferreira

imagens:

PRODUÇÃO DE WEB STORIES

textos

Bárbara Martins
Matheus Honorato

Reprodução Instagram e Arquivo pessoal

Vitor Paiva

INOVAÇÃO E CRIATIVIDADE É NO HYPENESS