Racismo na

TESLA

A Tesla é uma das mais promissoras empresas de tecnologia do mundo e é considerada vanguarda no mundo da mobilidade urbana.

Reprodução/Becca Farsace/The Verge

Contudo, novas denúncias apontam um padrão de racismo contra funcionários negros dentro da empresa de Elon Musk.

Reprodução/NBC News

Três ex-funcionários negros da Tesla denunciaram ao L.A. Times que foram vítimas de racismo na empresa.

Reprodução/Paul Kuroda/Los Angeles Times

Monica Chatman, Kimberly Romby e Nigel Jones são 3 dos mais de 4 mil funcionários negros que processam a Tesla por racismo e assédio moral.

Reprodução/Paul Kuroda/Los Angeles Times

Os trabalhadores alegam ser vítimas de segregação e exploração. Além disso, muitos relatam ofensas por insultos racistas.

Reprodução/Paul Kuroda/Los Angeles Times

Os relatos incluem diversos insultos racistas dentro da estrutura da empresa, em especial nas fábricas.

Reprodução/Under Tech

“A raça não desempenha nenhum papel em nenhuma das atribuições de trabalho, promoções, pagamento ou disciplina da Tesla”, diz a empresa.

Reprodução/Under Tech

HYPENESS, INOVAÇÃO E CRIATIVIDADE PARA TODOS.

HYPENESS.COM.BR