Québec proíbe

MACONHA PARA ANTIVAX

A província de Québec, no Canadá, está vendo os casos de covid-19 aumentarem por conta da variante ômicron.

Reprodução/Giphy

Em janeiro deste ano, a secretaria de saúde local anunciou que iria exigir comprovantes de vacinação para compra de maconha e de álcool.

Subitamente, os índices de procura por imunizantes cresceu 300% na região.

A medida sequer tinha como intenção incentivar a vacinação, mas deseja coibir aglomerações em bares e festas entre pessoas antivacina.

A província também estuda criar uma tarifa antivax para usar o dinheiro dos não vacinados para financiar seu sistema de saúde.

“Este é um primeiro passo que estamos dando. Se não vacinados estiverem insatisfeitos, há uma solução simples: vão tomar a sua primeira dose”, disse o secretário de saúde.

Reprodução/Giphy

“Se você não quer se vacinar, não saia de casa”, completou o secretário em coletiva.

Reprodução/Giphy

HYPENESS, INOVAÇÃO E CRIATIVIDADE PARA TODOS.

HYPENESS.COM.BR