IMPRESSORA 3D

Pudins na

A tecnologia das impressoras em três dimensões está se tornando cada vez mais comum e cada vez mais aprimorada, inclusive no ramo dos alimentos.

Um grupo de pesquisadores da Esalq/USP está aprimorando um sistema de desenvolvimento de alimentos através de impressoras 3D.

Segundo o grupo de estudos, a impressora 3D já conseguiu fazer pudins, chocolates e massas impressas. O processo demora poucos minutos.

“Através dessa tecnologia é possível obter alimentos com características específicas, como formatos, sabores, cores e composições,úteis em situações como alimentação de crianças, idosos ou enfermos”, explica Pedro Esteves Duarte Augusto, professor e coordenador do grupo da USP.

Os cientistas acreditam que o desenvolvimento dessa tecnologia pode criar alimentos que atendem às demandas nutritivas de todas as pessoas e será utilizado como uma arma contra a fome no mundo.

Os pesquisadores acreditam que, em algumas décadas, os alimentos impressos poderão dominar o mercado de comida no mundo.

INOVAÇÃO E CRIATIVIDADE É NO HYPENESS