Perigo aos oceanos

PROTETOR SOLAR

Um dos maiores poluidores dos oceanos, o protetor solar possui componentes químicos capazes de contaminar a água, de prejudicar a vida marinha e de afetar a saúde humana

Apesar de oferecer proteção às pessoas, produtos não biodegradáveis para a pele são responsáveis por quantidades de seis mil a 14 mil toneladas de químicos que chegam ao mar

Protetores solares da maioria das marcas não costumam ter menos de 20 compostos químicos, sendo o principal poluente aquele responsável por bloquear os raios ultravioletas

Bastante atingidos por essas substâncias, os corais são a morada de 25% a 50% das espécies marinhas, segundo dados do Aquário Nacional Americano

De acordo com o Ministério do Meio Ambiente, uma em cada quatro espécies marinhas vive nos recifes, incluindo 65% dos peixes

Além disso, os corais desempenham um papel fundamental na proteção contra a erosão dos solos e na diminuição dos danos causados por furacões e tsunamis

Por conta de tanta poluição vinda da atividade humana, 75% dos recifes de corais estão ameaçados

Além de prejudicar a fonte de 70% do oxigénio que respiramos, estudos sugerem que esses produtos provocam danos celulares e desequilíbrios hormonais em seres humanos

Essas substâncias químicas já foram encontradas até em amostras de leite materno, o que exemplifica os danos diretos também à vida humana

INOVAÇÃO E CRIATIVIDADE É NO HYPENESS

CLIQUE AQUI E LEIA MAIS!