Príncipe Harry se
desculpa por

RACISMO ENDÊMICO

O príncipe Harry admitiu ser parte do problema e se desculpou publicamente pelo pouco que sua geração fez para combater questões sociais, como o racismo

A experiência de pedalar pelo Zwift — um simulador online para ciclistas —, por exemplo, acontece toda pelo computador, mas o esforço físico é real

A fala aconteceu durante a edição de 2020 do Diana Awards, prêmio de trabalhos humanitários criado em homenagem à princesa morta em 1997

“O racismo institucional não tem lugar em nossa sociedade, mas, ainda assim, ele é endêmico”, disse Harry

“O preconceito inconsciente precisa ser reconhecido sem culpa para criamos um mundo melhor para todos”

“Eu quero que vocês saibam que nós estamos comprometidos em sermos parte da solução e para sermos parte da mudança que vocês estão fazendo. A hora é agora”

Harry disse ainda ter certeza de que, se fosse viva, Lady Di estaria lutando pelos mesmos objetivos, já que ela nunca escolheu “o caminho mais fácil, ou o mais popular, ou o mais confortável”

“Neste momento, nós estamos passando por situações ao redor do mundo em que a divisão, o isolamento e a raiva estão dominando, enquanto dores e traumas vem à tona”, disse o príncipe

“Eu vejo a maior esperança em pessoas como vocês. Eu estou confiante com relação ao futuro do mundo”

INOVAÇÃO E CRIATIVIDADE É NO HYPENESS

CLIQUE AQUI E LEIA MAIS!