Prédio de R$ 17 bilhões em NY está se

DESFAZENDO

Os 85 andares do edifício 432 Park Avenue foram erguidos no coração de NY para formarem um dos maiores e mais luxuosos residenciais do planeta. Cinco anos depois, a situação do prédio vai de mal a pior.

Uma série de problemas estruturais tem feito proprietários colocarem seus apartamentos — avaliados entre US$ 10 milhões e US$ 100 milhões — à venda e até processarem a construtora.

Falta d’água, vazamentos e inundações são frequentes. Os elevadores vivem falhando, principalmente por conta dos ventos da cidade. Uma pessoa chegou a ficar presa por quase duas horas em um deles.

Localizado em uma das partes mais ricas de Manhattan, o projeto do arquiteto uruguaio Rafael Viñoly custou cerca de US$ 3 bilhões e tem mais de 425 metros de altura, construídos em um lote com 3,2 mil m2.

Youtube / Construction News

Segundo o “New York Times”, os rangidos e barulhos estruturais também são muitos. O eco provocado pelo lançamento do lixo no vão do prédio faz com que a queda soe “como uma bomba”.

A promessa de um restaurante dirigido por um chef com estrela Michelin, que inicialmente custaria “somente” US$ 1.200,00 por ano a cada morador, se tornou uma cobrança de US$ 15 mil anuais.

Por conta dessa série de problemas, artistas, empresários e milionários de outros ramos, que haviam comprado unidades no prédio, estão colocando seus apartamentos à venda antes que eles desvalorizem.

Jennifer Lopez e seu noivo, Alex Rodriguez, pagaram cerca de R$ 85 milhões em um apartamento, mas venderam um ano depois. Apesar disso, segundo uma fonte, o prédio ainda é comercializado como se fosse o paraíso.

imagens

PRODUÇÃO DE WEB STORIES

textos

Matheus Honorato

Getty Image e Construction News

Verônica Raner