7 espécies que praticam a homossexualidade

SEXO DE ANIMAIS

Entre os macacos japoneses, a disputa pelas fêmeas é grande na época de acasalamento. Os machos competem entre si e com outras fêmeas na hora de encontrar uma parceira.

Macacos

Entre eles, o comportamento homossexual é a norma e os casais vão além do sexo: as fêmeas até dormem juntas e se protegem contra rivais em potencial.

Entre os carneiros, cerca de 8% dos machos preferem outros machos, mesmo quando fêmeas férteis estão dando sopa.

Carneiros

Tal qual os seres humanos, os carneiros costumam registrar uma preferência homossexual durante toda a vida e não apenas em alguns períodos.

Durante seus primeiros 30 minutos de vida, as moscas da fruta tentam copular com qualquer outra mosquinha que apareça na frente, independente do sexo.

Moscas da fruta

Só depois de algum tempo elas aprendem a reconhecer o cheiro de fêmeas virgens e passam a abordá-las exclusivamente.

Apesar do leão ser um símbolo de virilidade, muitos machos da espécie preferem a companhia de outros machos.

Leões

Comportamentos homossexuais permitem que golfinhos fêmeas e machos criem laços sociais mais facilmente. Os relacionamentos da espécie tendem a durar por períodos muito longos.

Golfinhos

Há também golfinhos bissexuais, que fazem sexo tanto com machos como com fêmeas.

Em 2012, dois pinguins gays conseguiram chocar um ovo com sucesso em um zoológico dinamarquês. Diversos casais semelhantes já foram registrados em zoológicos de todo o mundo.

Pinguins

Entre a espécie, existe uma técnica que parece incrivelmente sofisticada: os machos montam uns aos outros e chegam a depositar esperma.

Besouros-castanhos

Quando o macho que recebe o esperma acasala com uma fêmea, o esperma do outro pode ser transferido e fertilizar a fêmea sem sequer precisar se aproximar dela.

INOVAÇÃO E CRIATIVIDADE É NO HYPENESS

CLIQUE AQUI E LEIA MAIS!