Piebaldismo e

CRUELLA DE VIL

A personagem Cruella de Vil ou Cruela Cruel tem cabelos metade brancos e metade pretos, mas o que poucos sabem é que isso caracteriza uma condição genética chamada piebaldismo

Criada nos anos 1950 pela escritora inglesa Dodie Smith, Cruella faz parte do universo do livro “101 Dálmatas”, que posteriormente se tornou uma animação da Disney

O nome vem da associação de duas aves comuns na América do Norte: as pegas (magpie, no inglês) e as águias-de-cabeça-branca (bald eagle)

Os dois animais têm, entre suas características físicas, delimitações bastante nítidas da coloração da pelagem: uma parte toda branca e outra, toda preta

A pessoa com piebaldismo tem, desde o nascimento, um número deficitário de melanócitos, células que produzem melanina, responsável pela pigmentação no corpo

Isso pode ocasionar manchas brancas na pele ou, como no caso de Cruella, fios brancos nos cabelos, cílios ou sobrancelhas

As características atreladas à condição existem desde o nascimento e não se alteram ao longo dos anos

Em 90% dos casos, segundo Jane Sanchez, pesquisadora do Centro de Genética Médica da Escola Paulista de Medicina (EPM-Unifesp), a mecha branca se manifesta na parte frontal dos cabelos

imagens

Produção DE web stories

textos

Bárbara Martins
Matheus Honorato

Getty Images e Giphy

Redação Hypeness

INOVAÇÃO E CRIATIVIDADE É NO HYPENESS