A explosão que quase aconteceu

PERNAMBUCO

Durante a noite do dia 12 de maio de 1985, um incêndio atingiu um dos tanques do navio Jatobá, ancorado no Porto do Recife, e uma explosão quase aconteceu

A embarcação carregava 1,5 mil toneladas de gás butano e o fogo os consumia de forma fugaz

A maior preocupação, no entanto, era que o incêndio chegasse no Parque de Tancagem do Brum, onde estavam estocados mais de 150 mil metros cúbicos de produtos inflamáveis

Se as chamas se alastrassem, a história se assemelharia ao desastre que atingiu Beirute, no Líbano, em agosto de 2020, responsável por deixar 145 pessoas mortas e centenas de milhares de desabrigados

O Centro Histórico do Recife seria destruído assim como outros bairros próximos da capital pernambucana

No meio daquela madrugada, percebeu-se que a explosão estava prestes a acontecer e as autoridades começaram a tentar evacuar o bairro do Recife, onde ficava o porto

A situação foi contornada graças à ação heroica de um prático do porto, seu Nelcy da Silva Campos

Sem ser chamado, ele foi até o local do incêndio para tentar levar o petroleiro em chamas para o meio do mar. Afastados da costa, a explosão da embarcação causaria um desastre menor e salvaria vidas

O incêndio continuou por mais 15 horas, mas as chamas se apagaram com uma forte chuva que caiu sobre Recife

INOVAÇÃO E CRIATIVIDADE É NO HYPENESS

CLIQUE AQUI E LEIA MAIS!