O amor por quadrinhos

PABLO PICASSO

Apesar de nunca ter publicado quadrinhos, Picasso (1881-1973) era um profundo admirador do gênero que mistura texto e desenhos

Uma pequena parte do grande público sabe, mas a paixão por esse tipo de arte era refletida nas obras do pintor

De acordo com Johan Popelard, um dos curadores da exposição “Picasso e os quadrinhos”, o artista e os quadrinhos nasceram mais ou menos na mesma época, e a história dos dois se mistura

“Picasso devorou todas as ilustrações e as revistas que estavam começando a se desenvolver (naquela época)”, afirma Johan

A influência que os quadrinhos tiveram na trajetória do pintor pode ser notada logo no começo dos anos 1900, quando Picasso chegou a Paris

Um desenho que fez ao lado do amigo Jaume Andreu Bonsons, por exemplo, tem ares caricaturais que remetem ao estilo do gênero textual

O gênero pode ser percebido de forma ainda mais clara em “O Sonho e a Mentira de Franco”, uma crítica ao governo militar na Espanha

Apesar da paixão já vir de anos anteriores, foi Paris que revolucionou a arte de Picasso

Segundo a amiga Gertrude Stein, foi em charges de jornal que Picasso buscou, inclusive, referências para as bases de seus desenhos com ares mais caricatos

INOVAÇÃO E CRIATIVIDADE É NO HYPENESS

CLIQUE AQUI E LEIA MAIS!