Ocitocina pode ajudar a prevenir doença

OSTEOPOROSE

Um estudo encabeçado pela Unesp (Universidade Estadual Paulista de Araçatuba), no interior de São Paulo, concluiu que o hormônio do amor ajuda no controle e na prevenção da osteoporose

A ocitocina é responsável pela sensação de bem-estar em nosso corpo, mas, segundo a pesquisa, o hormônio parece exercer um papel fundamental na saúde dos ossos também

Comum em idosos ou em pessoas com deficiência em cálcio, a osteoporose é uma doença em que a degradação estrutural e a diminuição da densidade mineral dos ossos aumentam o risco de fraturas

No entanto, o estudo descobriu que o hormônio, produzido pelo hipotálamo, conseguiu reverter fatores que reduzem a densidade e resistência ósseas

Os pesquisadores aplicaram apenas duas doses do hormônio ocitocina – com 12 horas de diferença entre uma injeção e outra – em um grupo de 10 ratas Wistar

Amostras de sangue e do colo do fêmur dos animais foram analisadas após 35 dias de tratamento. Assim, a equipe pôde então comparar os dados com os de outras 10 ratas que não receberam o hormônio

O resultado é que os animais que receberam as doses de ocitocina apresentaram estrutura óssea sem sinais de osteopenia (perda de densidade óssea)

Produzida naturalmente pelo corpo, a ocitocina é muito lembrada como o hormônio do prazer e possui importantes papéis no funcionamento do corpo humano

Entre eles, promover as contrações musculares uterinas; desenvolver apego e empatia entre pessoas; produzir parte do prazer do orgasmo; e modular a sensibilidade ao medo

INOVAÇÃO E CRIATIVIDADE É NO HYPENESS

CLIQUE AQUI E LEIA MAIS!