ÓLEO DE DENDÊ

substituto sustentável para o 

No Brasil, nós conhecemos o azeite de dendê como um elemento culinário. Mas suas consequências para o meio ambiente são graves.

Se aqui ele faz parte de uma boa moqueca ou de um bom vatapá, o dendezeiro é explorado no resto do mundo para servir como um produto para a indústria cosmética e alimentícia.

O óleo de palma é o pivô do desmatamento de diversas florestas tropicais na África e na Ásia e, por isso, cientistas procuram alternativas para esse produto.

Alejandro Marangoni, cientista de alimentos na Universidade de Guelph, conseguiu produzir um óleo com características similares através de uma tecnologia inspirada no nosso próprio corpo.

Nosso corpo transforma a gordura que consumimos com enzimas - daí surge o triglicérides - e ele também replicou isso. Ele conseguiu transformar glicerina com enzimas em um óleo similar ao de palma.

O resultado da pesquisa criou uma substância que pode ser usada pelas indústrias com menos destruição do meio-ambiente e com menos gorduras saturadas, o que faz bem para a saúde humana também.

INOVAÇÃO E CRIATIVIDADE É NO HYPENESS