O sistema imunológico e os

ABRAÇOS

De acordo com pesquisadores da Carnegie Mellon University, localizada no estado norte-americano da Pensilvânia, abraços podem fortalecer o sistema imunológico

Em estudo de 2016, eles mostraram que, quanto maior o nível de interação social de uma pessoa, menores seriam os riscos de que ela contraísse infecções

Para chegar a essa conclusão, os pesquisadores observaram 404 adultos saudáveis e pediram que eles preenchessem questionários sobre seus níveis de estresse e sobre o apoio social que recebiam

Depois dessa fase, o estudo previa acompanhar as mesmas pessoas durante um período de 14 dias para ver como eram suas relações sociais e também o número de abraços que elas haviam recebido

Ao final do período, as “cobaias” eram expostas a um vírus do resfriado e monitoradas para que fosse avaliado o desenvolvimento da doença em seus organismos

Foi assim que os cientistas chegaram à conclusão de que as pessoas que tiveram mais interação social durante o período analisado tinham menos probabilidade de serem afetadas pela doença

Para eles, o abraço teria representado um papel importante nesse efeito protetor, já que, quanto mais abraços as pessoas receberam, menor foram suas chances de contrair uma infecção

Embora os pesquisadores não tenham descrito a relação entre as duas coisas, o palpite é que quem deu e recebeu mais abraços contava com maior apoio social de seus círculos de amigos e familiares

Dessa forma, essas pessoas estariam menos expostas ao estresse, mantendo, assim, seu sistema imunológico mais protegido

INOVAÇÃO E CRIATIVIDADE É NO HYPENESS