O recorde de demissões

VOLUNTÁRIAS

Mais de 560 mil pessoas se demitiram voluntariamente no mês de fevereiro de 2022 de acordo com um estudo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). 

Reprodução/Wikimedia Commons

O estudo foi feito pela LCA Consultoria, que analisou os microdados do banco.

Este é o maior número de demissões contabilizado em um único mês desde o início da série histórica contabilizada pelo Caged, iniciada em janeiro de 2020.

Essas demissões voluntárias não geram rescisão e são vistas como pouco benéficas para os trabalhadores.

Reprodução/Giphy

De acordo com especialistas, uma motivação pode ser que muitas pessoas aceitaram empregos abaixo de sua formação por conta da crise econômica. 

Os números contrastam com a grave crise econômica que assola o país.

Outro fator que aumentou as demissões voluntárias foi a busca maior por trabalhos remotos, por conta de remuneração.

HYPENESS, INOVAÇÃO E CRIATIVIDADE PARA TODOS.

HYPENESS.COM.BR