O que era o teste do

SEXO OLÍMPICO

Você sabia que as Olimpíadas submetiam mulheres a testes horrorosos para que elas “provassem” seu gênero?

Tudo começou nos anos 1950 quando a corredora Foekje Dillema foi submetida a um teste desse tipo e se descobriu que ela tinha testículos pouco desenvolvidos.

Domínio Público

A partir de então, várias pessoas com genitais femininos e cromossomos XY (socialmente assimilados à masculinidade) foram expurgadas do esporte.

Uma corredora espanhola teve que provar que sofria de uma síndrome que a impedia de absorver testosterona e somente depois de anos pôde voltar a concorrer.

Os testes são feitos até hoje: nos anos 1950 e 1960, eram feitos com apalpamento das genitais. Hoje, são feitos exames genéticos.

Muitos especialistas criticam a utilização de testes desse tipo dentro do esporte e acreditam que a questão cromossômica não é essencial para a prática esportiva.

Reprodução/Giphy

HYPENESS, INOVAÇÃO E CRIATIVIDADE PARA TODOS.

HYPENESS.COM.BR