O que é a

pedra de roseta

A Pedra de Roseta é um dos mais importantes documentos da história da arqueologia

 Considerada como a chave para o entendimento de hieróglifos do Egito Antigo, ela é o ponto de fundação do estudo da cultura egípcia, a egiptologia

Originária da região de Saís, no delta do Rio Nilo, a pedra data do ano de 196 a.C. e contém um dos ditos Decretos Ptolomaicos, uma espécie de texto legislativo decretado por sacerdotes

Por séculos, a Pedra de Roseta foi exposta como monumento público, mas já chegou até a ser utilizada como material de construção de um forte na cidade de Roseta, a leste de Alexandria

Somente em 1799 ela foi redescoberta por um soldado durante uma expedição napoleônica à região

Primeira inscrição plurilíngue a incluir a antiga língua egípcia, a Pedra de Roseta se tornou o ponto de partida da tradução precisa dos hieróglifos

Uma vez estabelecido que a pedra continha três versões do mesmo texto, a decifração completa aconteceu em 1822, anunciada pelo egiptólogo francês Jean-François Champollion

Desde 1802, a Pedra de Roseta encontra-se em exibição no Museu Britânico, em Londres, como o objeto mais visitado e de maior importância de todo o acervo

INOVAÇÃO E CRIATIVIDADE É NO HYPENESS

CLIQUE AQUI E LEIA MAIS!