SAMUEL BELLAMY

 o pirata mais rico da história

No mar do Caribe no século 18 corsários e piratas lutavam para conquistar e roubar tesouros dos navios em direção a Europa. Mas Samuel Bellamy foi além: ele se tornou o pirata mais rico do mundo.

O comandante do navio Whydah Gally, Samuel Bellamy, fez mais de 50 roubos a embarcações em menos de um ano de pirataria.

Um de seus primeiros roubos foi o próprio Whydah. O pirata invadiu a embarcação que era um navio negreiro. Ele matou os traficantes de escravizados e libertou os africanos presos no barco. Muitos deles começaram a trabalhar junto de Samuel Bellamy.

Black Sam, como era conhecido, tinha também a fama de ser um comandante democrático. Em uma época em que autoritarismo era regra em comandantes de embarcações, Samuel era conhecido por ouvir bem seus companheiros de pirataria e dividir igualmente seus tesouros.

Porém, a incrível aventura de Samuel Bellamy teve um fim. O Whydah acabou naufragando na costa do Massachusetts no dia 26 de abril de 1707 depois de uma forte tempestade. 143 piratas morreram, incluindo Bellamy.

Porém, recentemente foram descobertos novos resquícios do Whydah e há a esperança que os restos mortais do pirata mais rico do mundo sejam encontrados.

Outros pedaços da incrível embarcação estão no Whydah Pirate Museum, em Yarmouth, Massachussets, um museu dedicado à história da pirataria e, em especial, do incrível Samuel Bellamy.

Divulgação | Whydah Pirate Museum

INOVAÇÃO E CRIATIVIDADE É NO HYPENESS