o LEÃO DAS CAVERNAS

de 28 mil anos

Pesquisadores da Suécia descobriram um leão das cavernas com 28 mil anos de idade. A espécie foi extinta há 14 mil anos.

O animal, que está muito bem preservado, foi encontrado por caçadores na Sibéria, pode explicar sobre a evolução dos felinos no mundo.

Um outro leão das cavernas encontrado na mesma época de 38 mil anos de idade será usado para comparação pelos pesquisadores para entender mudanças genéticas na espécie.

Os pesquisadores encontraram similaridades entre o pelo dos felinos do gelo e os leões da África, à exceção da grossura dos fios, mostrando um sinal de adaptação ao habitat.

“É provavelmente o animal da Idade do Gelo mais bem preservado já encontrado e está mais ou menos intacto, exceto o pelo que está um pouco bagunçado. Ela até preservou os bigodes.”, explica Love Dalen, professor do Centro de Paleogenética em Estocolmo, Suécia, à CNN.

“Dada a sua preservação, eles devem ter sido enterrados muito rapidamente. Então, talvez tenham morrido em um deslizamento de terra ou caíram em uma rachadura no permafrost. O permafrost forma grandes rachaduras devido ao degelo e congelamento sazonal”, explica Love Dalen.

INOVAÇÃO E CRIATIVIDADE É NO HYPENESS

CLIQUE AQUI E LEIA MAIS!