O filme capacitista com

LEANDRO HASSUM

A atriz Juliana Caldas criticou o novo filme de Leandro Hassum, “Amor Sem Medida”, lançado pela Netflix.

Divulgação/Netflix

A atriz, que tem nanismo, criticou o filme por fazer piadas com a condição e utilizar atores sem a deficiência para a interpretação.

Reprodução Instagram

Na obra, Hassum interpreta uma pessoa com nanismo e tudo isso é feito com computação gráfica.

Divulgação/Netflix Brasil

Ao longo do filme, diversas piadas sobre o tamanho do personagem são feitas.

Divulgação/Netflix Brasil

"A maior parte do filme tem piadas totalmente capacitistas, totalmente preconceituosas e que, cara, não dá para aceitar hoje em dia”, disse a atriz.

Divulgação/Netflix Brasil

“Quando a gente fala sobre o nanismo, a maior parte das vezes é nessa forma de piada totalmente capacitista e preconceituosa. O nanismo é considerado deficiência”, completou.

Divulgação/Netflix Brasil

“Não dá para passar batido a falta de respeito com o próximo. Ainda mais no momento no mundo de hoje, sabe?”, finalizou a atriz.

Divulgação/Netflix Brasil

HYPENESS, INOVAÇÃO E CRIATIVIDADE PARA TODOS.

HYPENESS.COM.BR