dentro
de casa

O Envenenamento por agrtóxicos

Um dado chocante foi publicado pelo “Projeto Colabora“, de pesquisadoras da Escola de Saúde Pública e do Centro Estadual de Vigilância em Saúde de Porto Alegre: quase 60% dos casos de envenenamento por agrotóxico ocorrem dentro de casa.

Ao analisar 3.122 casos de envenenamento registrados entre 2011 e 2018, as pesquisadoras descobriram que os acidentes com pesticidas ocorrem dentro de casa.

Isso sugere que as pessoas estocam agrotóxicos dentro de suas próprias casos, algo totalmente inseguro e que revela as condições dos trabalhadores do campo no Brasil.

Com 40% dos casos notificados, a contaminação acidental lidera o ranking dos motivos de intoxicação, com o dobro dos casos registrados por contaminação por uso habitual (20%).

“Esse dado levanta as hipóteses da existência de problemas no armazenamento e de descumprimento da distância mínima recomendada entre a lavoura e a casa”, diz a sanitarista da Escola de Saúde Pública do Rio Grande do Sul, Amanda Brito de Freitas

“Além disso, no ambiente domiciliar, se utilizam também inseticidas, raticidas e produtos destinados ao tratamento de piolhos e outros parasitas, aumentando ainda mais o risco de intoxicação”, completa a pesquisadora, em entrevista ao “#Colabora”.

INOVAÇÃO E CRIATIVIDADE É NO HYPENESS

CLIQUE AQUI E LEIA MAIS!