sul

caçadoras

na América do

mulheres

Quando aprendemos sobre a era dos caçadores na escola, pensamos que a divisão de trabalho naquela época era feita entre homens, que caçavam, e mulheres, que cuidavam das crianças.

https://www.bbc.com/portuguese/geral-54849024

Entretanto, a descoberta de uma ossada em Wilamaya Patjxa, no Peru, pode mudar a nossa percepção sobre a forma como essa divisão era feita na América do Sul.

Os arqueólogos encontraram uma ossada humana no meio dos andes. Ao lado da ossada, flechas, lanças e instrumentos de caça: obviamente se tratava de um caçador.

“Todo mundo estava falando sobre como este era um grande chefe, um grande homem”, contou o arqueólogo Randy Haas, da Universidade da Califórnia (UC), em Davis, em entrevista à “Science”.

fonte: https://ucdavis.academia.edu/RandyHaas

Até que o pesquisador responsável pela avaliação da ossada percebeu que os ossos eram leves e finos demais para pertencerem a um homem. “Acho que sua caçadora é uma mulher”, disse Jim Watson, da Universidade do Arizona, a Randy.

Alguns historiadores duvidam que se trava de uma caçadora; eles afirmam que os instrumentos não confirmam que ela seria responsável pela caça do grupo.

Já outros especialistas falam que é plenamente possível.  “Essas mulheres viviam no alto dos Andes, a 13.000 pés em tempo integral”, diz a arqueóloga Bonnie Pitblado, da Universidade de Oklahoma. “Se você pode fazer isso, certamente você pode derrubar um cervo”, completou.

INOVAÇÃO E CRIATIVIDADE É NO HYPENESS