Loja vende artesanato de

ESCRAVIZADOS

A loja de souvenirs Hangar das Artes, no Aeroporto de Salvador, vende imagens de pessoas negras escravizadas como decoração.

Reprodução/Twitter

As esculturas de pessoas escravizadas estavam sendo vendidas a R$ 99 como decoração.

Ativistas questionaram: seria normal vender esculturas de “judeus no forninho” como decoração?

As esculturas dos escravizados são vendidas para quem passa pelo principal aeroporto da Bahia, estado com a maior população negra do Brasil.

O objeto também estava sendo vendido no e-commerce da loja, que, através de advogada disse que "haters'' estavam atacando o Hangar das Artes.

“Não estou entendendo o porquê de tanto rebuliço. É uma coisa que retrata a história do Brasil”, disse a representante.

A loja disse que “nossa intenção JAMAIS foi menosprezar, ferir ou destruir a imagem de uma entidade tão importante e a potência de sua história”.

Reprodução/Amazing Places on Our Planet

HYPENESS, INOVAÇÃO E CRIATIVIDADE PARA TODOS.

HYPENESS.COM.BR