ISLÂNDIA

controlou a pandemia?

Como a

O país da Europa com o menor número de mortes em número absoluto e por milhão se chama Islândia. A ilha do gelo conseguiu vencer o vírus e soma somente 26 mortes pela covid-19 desde que a doença chegou no país? Como isso foi possível.

O país, que tem uma população pequena de 300 mil habitantes, conseguiu conter o vírus com um passo simples: ouvir a ciência.

Através de testagem em massa e isolamento social rígido nas primeiras semanas do vírus no país, os islandeses conseguiram retomar uma vida normal. Até agora, foram pouco mais de 6 mil casos registrados no país.

O país repete o modelo neozelandês e sulcoreano: com rastreamento de contatos e isolamento social, a vida é retomada normalmente e quando os casos voltam a subir, os comércios voltam a fechar.

“Foram os cientistas quem determinaram as regras, e não os políticos. Isso importa. Eles sabem do que estão falando; os políticos, não”, afirmou Gylfi Thor Thorsteinsson, dono do hotel para onde os infectados são enviados no país.

Quem comandou o caso bem sucedido da Islândia foram o epidemiologista-chefe do país Thorolfur Gudnason, e a própria primeira-ministra islandesa, Katrin Jakobsdottir, do Partido Esquerda Verde.

Agora, o país parte para a vacinação: com cerca de 7% da população imunizada, a Islândia conquista o poder de passar pela pandemia quase batido; sem perdas econômicas ou de vida. Ouvir a ciência dá nisso.

INOVAÇÃO E CRIATIVIDADE É NO HYPENESS