Greta perde paciência com

GOVERNANTES

A ativista ambiental Greta Thunberg, de 18 anos, não mede palavras para lutar pelo meio ambiente e cobrar posicionamentos políticos contundentes.

Sobre a COP26, que definiu metas para redução das emissões de gases do efeito estufa, ela disse que foi um grande “blá-blá-blá” e que o trabalho de verdade continua fora dos salões.

Reprodução/BBC News

E Greta não para por aí quando precisa criticar líderes mundiais e suas políticas.

Quando Donald Trump mandou ela “se acalmar”, Greta respondeu “Que ridículo. Donald deveria trabalhar o seu problema de controle de raiva (...) Relaxa, Donald, relaxa!”.

Jair Bolsonaro também já foi criticado. Durante as queimadas na Amazônia em 2019, ela afirmou: "É extremamente vergonhoso o que eles estão fazendo com os povos indígenas e com a natureza”.

Ela também criticou o ex-ministro, Ricardo Salles, por sua famosa fala de “passar a boiada”. “Só imagine as coisas que foram ditas longe das câmeras. Nosso futuro comum é só um jogo para eles”, disse.

O primeiro-ministro britânico Boris Johnson afirmou que era hora de acabar com o radicalismo e que deveríamos parar de abraçar coelhos. Greta costuma ironizar a fala do premiê conservador.

HYPENESS, INOVAÇÃO E CRIATIVIDADE PARA TODOS.

HYPENESS.COM.BR