1500 GOLFINHOS MORTOS

Em um dia

Mais de 1500 golfinhos foram assassinados por baleeiros nas Ilhas Faroé, um território da Dinamarca, na Europa

Reprodução/Sea Sheperd Global

No período do verão, é comum que os pescadores e baleeiros se desloquem para encontrar grupos de baleias e golfinhos para caçá-los

Reprodução/Sea Sheperd Global

A prática é tradicional e é o único tipo de pesca de cetáceos permitida na União Europeia por ser considerada uma parte da história dos nativos do arquipélago

Geralmente, a pesca se foca em baleias-piloto, um tipo de cetáceo comum no Atlântico Norte. Usualmente, cerca de 1000 baleias são capturadas por ano nas Ilhas

Entretanto, os baleeiros cometeram um massacre. Foram mais de 1500 golfinhos de lateral branca, espécie rara na região, assassinados em um dia

Reprodução/Sea Sheperd Global

O caso tem gerado indignação na própria população das Ilhas Faroé e levantou reclamações de diversos grupos pelos direitos animais

A associação de baleeiros do local afirma que se tratou de um “grande erro”, mas se defende dizendo que o banho de sangue não foi ilegal

Reprodução/Sea Sheperd Global

INOVAÇÃO E CRIATIVIDADE É
NO HYPENESS