Ela foi escravizada

POR 54 ANOS

Madalena Silva passou 54 anos trabalhando para a família Seixas Leal em Lauro de Freitas (BA).

Reprodução/TV Globo

Durante esse período, a doméstica negra não recebeu nenhum centavo de salário.

Reprodução/TV Globo

Dívidas na casa dos milhares foram feitas em seu nome e sua aposentadoria foi roubada pelos brancos.

Reprodução/TV Globo

Ela foi resgatada pelo Ministério Público do Trabalho e agora vive livre e longe da família Seixas Leal.

Reprodução/TV Globo

A responsável pelo trabalho análogo à escravidão afirmou que não pagava salário à Madalena por “considerá-la da família”.

Reprodução/TV Globo

Madalena relatou ter sido vítima de violência física com agravantes racistas durante as cinco décadas na casa. 

A família teve R$ 1 milhão em bens bloqueados e deve indenizar Madalena por danos morais, salários e valores rescisórios.

HYPENESS, INOVAÇÃO E CRIATIVIDADE PARA TODOS.

HYPENESS.COM.BR