Filme é retirado do HBO Max após movimentos contra o racismo

E O VENTO LEVOU

Um dos mais celebrados, assistidos e premiados filmes em todos os tempos, “…E O Vento Levou” parece não ter envelhecido bem aos parâmetros da atualidade

Em um contexto de luta antirracista e de grandes protestos contra a violência policial em todo o mundo, o filme de 1939 passou a ser alvo de críticas intensas

Em nome de tal revisão, o serviço de streaming HBO Max decidiu por retirar o filme de sua plataforma

Os motivos principais são o fato de a obra retratar pessoas escravizadas como personagens conformados e proprietários de escravos como heróis

Segundo um porta-voz da HBO Max, “…E O Vento Levou” é um produto de seu tempo, trazendo preconceitos étnicos e raciais ainda comuns na sociedade estadunidense

“Estas representações racistas estavam erradas na época e estão erradas hoje, e sentimos que manter este título disponível sem uma explicação e uma denúncia dessas representações seria irresponsável”

A ideia é devolver o filme à plataforma no futuro, mas com um aviso sobre seu conteúdo junto com um debate sobre esse contexto histórico

Dirigido por Victor Fleming e lançado em 1939, o filme é passado durante a Guerra Civil estadunidense

A trama gira em torno da história de Scarlett O’Hara (vivida por Vivian Leigh), filha de um latifundiário do sul dos EUA, em seu casamento com Rhett Butler (vivido por Clark Gable)

INOVAÇÃO E CRIATIVIDADE É NO HYPENESS

CLIQUE AQUI E LEIA MAIS!