Como fazer um desidratador de

ALIMENTOS

A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) disponibilizou o passo a passo de como fazer um desidratador de alimentos de baixo custo

Reprodução / Embrapa

A técnica, apesar de antiga, é bastante eficaz para a conservação de artigos comestíveis (ou não) de variados tipos

Reprodução / Embrapa

“Este trabalho visa suprir uma demanda de tecnologias para atender à pequena produção que dispõe de poucos recursos financeiros”, afirma Félix Cornejo, pesquisador da Embrapa

Reprodução / Embrapa

Na publicação “Construa você mesmo um desidratador de alimentos”, é Cornejo quem explica etapa por etapa da construção do dispositivo

Reprodução / Embrapa

As peças para a montagem do desidratador são simples e podem ser facilmente encontradas no comércio ou até dentro de casa

Reprodução / Embrapa

O sistema de secagem é montado dentro de uma caixa de isopor, no qual se instala o sistema de aquecimento com ventilação e uma estrutura de tubos de PVC com bandejas

Reprodução / Embrapa

O aquecimento e a circulação do ar de secagem são realizados por um aquecedor de ambiente composto por resistências elétricas e ventilação

Reprodução / Embrapa

A desidratação deve ser feita separadamente para cada tipo de matéria-prima, o que inclui frutas, ervas aromáticas, plantas medicinais, condimentos, legumes e tubérculos

Reprodução / Embrapa

Félix Cornejo orienta ainda que sejam utilizadas temperaturas de 40º a 50°C para vegetais folhosos e condimentos, e de 60º a 70°C para frutas, legumes e tubérculos

Reprodução / Embrapa

imagens

PRODUÇÃO DE WEB STORIES

textos

Bárbara Martins
Matheus Honorato

Reprodução Félix Cornejo (Embrapa)

Redação Hypeness

INOVAÇÃO E CRIATIVIDADE É NO HYPENESS