Coletivo indica mais de

100 AUTORAS NEGRAS BRASILEIRAS

Com foco em divulgar e sugerir a leitura de escritoras pretas do Brasil, a equipe do coletivo Margens reuniu mais de 100 autoras nacionais em uma lista plural de literatas do país

A partir da curadoria de Jéssica Balbino e Ketty Valencio com a colaboração de Mel Duarte, a lista, disponível no site do Margens, traz informações sobre as escritoras e, se possível, links para a compra das obras de cada uma

“Nossa tentativa aqui é criar uma primeira e inédita lista com as autoras que entendemos ser importantes historicamente”, escrevem as curadoras

Além das escritoras contempladas pela seleção, o coletivo também disponibilizou um formulário de automapeamento para mulheres pretas e brasileiras que também desejem integrar a lista

Carolina Maria de Jesus (1914 -1977), Antonieta de Barros (1901 – 1952), Elisa Lucinda, de 62 anos, e Mel Duarte, de 32, são apenas algumas das autoras presentes na lista

A mineira Carolina Maria de Jesus se tornou conhecida internacionalmente pelo livro “Quarto de Despejo: Diário de uma Favelada”, publicado em 1960

Jornalista, professora e política, Antonieta de Barros fundou e dirigiu o jornal “A Semana” entre 1922 e 1927

Elisa Lucinda nasceu no Espírito Santo e é jornalista, poetisa, cantora e atriz

Mel Duarte participa do Slam das Minas em São Paulo e é escritora, poeta e produtora cultural

INOVAÇÃO E CRIATIVIDADE É NO HYPENESS

CLIQUE AQUI E LEIA MAIS!