de 120 ANOS

um CHOCOLATE de 

Uma equipe que avaliava o acervo da Biblioteca Nacional da Austrália descobriu uma caixinha de bombons no meio das estantes.

A caixa metálica envolvida em palha possuía vários chocolates da Cadbury, uma empresa que existe até hoje.

Os chocolates eram, segundo a biblioteca, um presente da Rainha Vitória de Inglaterra para os combatentes na Segunda Guerra dos Bôeres, um conflito terrível no sul da África pelo poder de exploração colonial dos povos bantos e suas terras.

A caixa, que conta com os chocolates intactos, tinha inscrições da coroa: “África do Sul, 1900. Desejo-lhe um feliz ano novo, Victoria RI.”

Segundo a Galileu, trata-se da mais antiga caixa de chocolates intacta da história.

A caixa estava no meio dos pertences do poeta australiano A. B. “Banjo” Paterson, que trabalhou como correspondente de guerra na África do Sul.

INOVAÇÃO E CRIATIVIDADE É NO HYPENESS