As obras republicadas

CAROLINA MARIA DE JESUS

Em 2020, a a Companhia das Letras confirmou que irá republicar parte da obra de Carolina Maria de Jesus

Nos últimos anos, os livros de Carolina se tornaram peças raras – e caras – em livrarias do país. Por isso, a notícia do relançamento é tão importante

Segundo a editora, o primeiro título a ser relançado será “Casa de Alvenaria”, lançado em 1961, como parte da série Cadernos de Carolina

A publicação virá em formato ampliado, com vasta informação biográfica a respeito da vida e luta da autora

A ideia da editora é incluir na coleção o máximo do material escrito por Carolina, incluindo romances, diários, poemas, contos, teatro, memórias e ainda alguns textos críticos sobre a obra

A iniciativa será inteiramente supervisionada por um conselho editorial especial, reunindo Vera Eunice de Jesus, filha de Carolina, e a grande escritora Conceição Evaristo

A nova edição, no entanto, não contará com “Quarto de Despejo” e “Diário de Bitita”, obras ligadas ao catálogo de outras editoras

Nascida na cidade de Sacramento, em Minas Gerais, Carolina Maria de Jesus viveu boa parte da sua vida em São Paulo e deixou mais de 20 diários

Em 1977, Carolina faleceu aos 62 anos como uma das primeiras autoras negras a alcançar o reconhecimento público e se tornou uma das mais importantes escritoras brasileiras da história

INOVAÇÃO E CRIATIVIDADE É NO HYPENESS