Diagnóstico pode ser antecipado

CÂNCER

Uma pesquisa feita na China e nos Estados Unidos identificou que alterações genéticas podem ajudar no diagnóstico de câncer em estágios muito iniciais

De acordo com o estudo, publicado na “Nature Communications”, seria possível detectar cerca de cinco tipos da doença com até quatro anos de antecedência

As análises ainda estão em fases iniciais, mas o relatório elaborado pelos cientistas alimenta a esperança de resultados promissores nesse sentido

Elas foram feitas através de observações epigenéticas, área da biologia que estuda mudanças no funcionamento de um gene

Essas mudanças não são causadas por alterações no DNA, mas, sim, se perpetuam em divisões celulares posteriores

Os cientistas focaram em tumores no esôfago, estômago, fígado, cólon e pulmão

Para a análise, usaram como objeto de estudo uma pesquisa feita na cidade chinesa de Taizhou, que coletou plasma de 100 mil voluntários

Desse total, 605 pessoas foram alvo do interesse dos pesquisadores, que observaram os processos de metilação de suas células

A confiabilidade do método chega a 90%. Assim, seria possível identificar tumores em pessoas consideradas completamente saudáveis até quatro anos antes

INOVAÇÃO E CRIATIVIDADE É NO HYPENESS

CLIQUE AQUI E LEIA MAIS!