Da Física ao Queen

BRIAN MAY

Antes de se juntar a Freddie Mercury, o cofundador e guitarrista do Queen, o inglês Brian May, tinha planos relacionados à Física

Depois de se tornar bacharel em Física pelo Imperial College London, Brian seguiu os estudos até o doutorado, mas resolveu pausar a carreira acadêmica por mais de 30 anos para seguir sua outra paixão

A interrupção foi para que pudesse se dedicar ao Queen, banda formada por Brian, Roger Taylor, John Deacon e Freddie Mercury (1946 - 1991), que começava a fazer sucesso

Sem muitos recursos financeiros, o músico pediu ajuda ao pai para construir a primeira guitarra que teria, batizada como Red Special

Nos anos seguintes, o físico não deixou a ciência de lado e constantemente fazia uso de seus conhecimentos na produção musical da banda

Efeitos sonoros como ecos, palmas e sons de plateia foram alguns dos recursos explorados pelo também produtor e compositor do grupo

A longa pausa nos estudos universitários não impediu o guitarrista de retornar ao Imperial College e concluir a tese

Em 2007, aos 60 anos de idade, Brian May recebeu o título de PhD em Astrofísica ao finalizar o trabalho iniciado em 1971

Já em 2019, como prova da paixão pelo espaço sideral, Brian dedicou a primeira música solo em 20 anos para a sonda New Horizons, da NASA

Reprodução YouTube / Queen Official

imagens

Produção DE web stories

textos

Kathleen Santiago
Matheus Honorato

Getty Images e YouTube (Queen Official)

Redação Hypeness

INOVAÇÃO E CRIATIVIDADE É NO HYPENESS