Conhecer seu DNA para prevenir doenças é o futuro da medicina

BIOTECNOLOGIA

Entender o que está escrito no nosso DNA é o caminho médico mais eficaz para antever doenças em potencial e, com isso, preveni-las

Alguém que, por exemplo, descobre alta propensão ao desenvolvimento de câncer de pele, por meio da análise genética, pode mudar hábitos e aumentar precauções

Um relatório do MIT Technology Review de 2019 confirma que mais de 26 milhões de pessoas já coletaram amostras de saliva ou de células da bochecha para que seus genomas fossem avaliados

A expectativa para 2021 e 2022 é de um grande salto: estima-se que o número passe dos 100 milhões de pessoas avaliando o próprio quadro médico através do DNA

A análise genética não se restringe, entretanto, ao campo do diagnóstico pessoal

Em 2020, ano em que o Projeto Genoma completou 30 anos, o Brasil se pôs na vanguarda do combate ao coronavírus por conta da pesquisa nacional na área

Jaqueline Goes, biomédica brasileira, sequenciou o genoma da Covid-19 em apenas 48 hora, um tempo recorde

Assim, se a prevenção é sempre o melhor remédio, o futuro da medicina parece estar mesmo escrito em nosso DNA

E, pelo tamanho preocupação das grandes indústrias farmacêuticas do mundo, este parece ser potencialmente um serviço que irá transformar o universo dos diagnósticos

INOVAÇÃO E CRIATIVIDADE É NO HYPENESS