As pinturas de

JONATHAN GREEN

Marcadas pelo uso de cores vibrantes para retratar a cultura de pessoas africanas escravizadas nos EUA, as pinturas de Jonathan Green são símbolos de memória

Reprodução / Jonathan Green

Conhecida como Gullah, a cultura trazida da África ao hemisfério norte está diretamente ligada às populações negras do sul do país, principalmente a partir do século 19

Reprodução / Jonathan Green

Sob a influência de artistas como Diego Rivera e Pablo Picasso, Green transforma a realidade ao seu redor e suas próprias observações em uma narrativa profunda

Reprodução / Jonathan Green

Como afirma o site do pintor, Jonathan Green reflete, por meio da arte, “um senso intrínseco de história e lugar”

Reprodução / Jonathan Green

Para notáveis críticos de arte, as obras dele são algumas das “mais importantes sobre a experiência sulista”

Reprodução / Jonathan Green

Com pinturas nos principais museus do país e exposições em todo o mundo, Green é hoje um pintor único e celebrado no cenário artístico estadunidense

Reprodução / Jonathan Green

imagens:

PRODUÇÃO DE WEB STORIES

textos

Bárbara Martins
Matheus Honorato

Reprodução (Jonathan Green)

Vitor Paiva

INOVAÇÃO E CRIATIVIDADE É NO HYPENESS