saara

2 bilhões

de árvores no

Estudos da Universidade de Copenhague descobriram através de um algoritmo quase 2 bilhões de árvores na região do Saara e do Sahel.

O estudo comandado por Martin Brandt, da Universidade de Copenhague, utilizou imagens de satélite para descobrir o tamanho da flora na região desértica e chegou em números impressionantes.

Foram mais de 1,8 bilhões de espécimes de vegetais descobertos na região que engloba Mali, Senegal, Burkina Faso e Mauritânia. 

Não se trata exatamente de uma floresta: essas árvores estão espalhadas pelo deserto e nas proximidades de pequenos cursos d’água, mas cumprem papel vital no meio ambiente do Sahel.

Segundo Brandt, a ideia é que o mapeamento dessas árvores possa ser utilizado para aumentar a vegetação na região.

“Essas árvores não-florestais tem um papel crucial na biodiversidade e são importantes para os ecossistema porque servem de armazenamento para o gás carbônico, além de serem fontes de alimento e abrigo para animais e seres humanos. Entretanto, o interesse público está mais relacionada às florestas e há pouca documentação sobre essa vegetação no Saara e no Sahel”, descreve Brandt.

Em um futuro que os pesquisadores esperam não estar tão distante, será possível mapear todas as árvores do mundo. Esse nível de detalhamento seria ideal para que ambientalistas pudessem compreender melhor o meio ambiente. 

INOVAÇÃO E CRIATIVIDADE É NO HYPENESS