LUZ

A internet chegando via

Quem vive nas quebradas de São Paulo conhece a péssima internet via rádio - alternativa à banda larga de cabos -, mas você já pensou em internet via luz?

Uma start-up indiana quer promover a inclusão digital através de luz. Resumidamente, o projeto quer substituir os cabos por um feixe potente de iluminação.

A internet banda larga em fibra ótica funciona com um feixe de luz passando por dentro do cabo. Agora, eles querem tirar o cabo.

A proposta é a seguinte: uma torre em uma cidade com acesso à internet emite um feixe de luz captado por uma torre em um vilarejo. Esse poste lê a rede e roteia internet para as proximidades.

A ideia é baratear o custo da inclusão digital e promover o acesso à internet - que hoje é considerado um direito básico do cidadão - de forma mais rápida.

O projeto afirma que a conexão disponibilizada pode chegar à 20GB/s - o suficiente para navegar, ver vídeos e depender de quantas pessoas conectadas, até jogar jogos online - e, mesmo com interrupções - como a passagem de pássaros - a rede garante reenvio de dados.

O projeto já está em prática na Índia e depois será colocada em prática no Quênia. No mundo, há 3 bilhões de pessoas sem acesso à internet.

INOVAÇÃO E CRIATIVIDADE É NO HYPENESS