A exuberância de

ÁRVORES DA AMAZÔNIA

No meio da Amazônia, árvores de 80 metros de altura carregam uma longa história e um legado muito importante para a preservação da natureza no Brasil

Com esse tamanho, os exemplares equivalem a prédios de mais de 20 andares, mas, ao invés de executivos, são pássaros e folhas verdes que tomam conta da moradia

Por conta da importância dessas gigantes da natureza, cientistas estão explorando a floresta para encontrá-las e catalogá-las

Com um sistema do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), os pesquisadores conseguem calcular o tempo que a luz leva para ir e vir de um ponto e, assim, determinar a altura das árvores

Foi por meio desse sistema que, em 2019, eles conseguiram encontrar uma Dinizia excelsa (também conhecida como Angelim Vermelho), de 88 metros de altura

Agora, a coleção desses dados encontrou algumas regiões, entre o estado do Amazonas e do Amapá, que estão repletas de árvores enormes

Reprodução / Greenpeace International

A descoberta pode levantar questões sobre o desejo de madeireiros em derrubar regiões com essas árvores, que contêm madeira resistente e de alta qualidade

Segundo os pesquisadores, apesar de as condições climáticas específicas para o surgimento dessas árvores serem raras, elas cumprem funções importantes para o ecossistema

imagens

PRODUÇÃO DE WEB STORIES

textos

Bárbara Martins
Matheus Honorato

Getty Images e Reprodução YouTube (Greenpeace International)

Redação Hypeness

INOVAÇÃO E CRIATIVIDADE É NO HYPENESS