A explosão do Escritório de Ligação entre

COREIA DO NORTE E DO SUL

Em 2018 a relação entre Coreia do Sul e Coreia do Norte parecia atravessar o melhor momento em décadas, ao ponto de ser criado um Escritório de Ligação entre os dois países

Contudo, em 2020, a Coreia do Norte explodiu o Escritório, que funcionava como uma espécie de embaixada do país

Além do escritório, um outro prédio de 15 andares, que costumava abrigar autoridades sul-coreanas, desabou parcialmente

A tensão entre os países vinha escalando, principalmente por conta do lançamento de propagandas de grupos dissidentes residentes na Coreia do Sul na direção do território norte-coreano

A retaliação pelo envio das propagandas através de balões de gás começou com o corte de todas as comunicações, civis e militares, entre Norte e Sul

Localizado na cidade fronteiriça de Kaesong, o Escritório de Ligação era uma das grandes conquistas do presidente sul-coreano Moon Jae-in

A explosão representa não só um revés significativo para o governo de Moon Jae-in, como também um perigoso ponto de ebulição nas sensíveis relações entre os dois países

Ainda que a justificativa oficial sejam as propagandas, analistas políticos sugerem que o real motivo da explosão seria para pressionar a Coreia do Sul a fazer mais concessões, econômicas e políticas

Segundo Kim You-geun, conselheiro adjunto de Segurança Nacional da Coreia do Sul, o acontecimento encerra a expectativa de avanço em uma relação pacífica e harmoniosa entre as duas Coreias

INOVAÇÃO E CRIATIVIDADE É NO HYPENESS

CLIQUE AQUI E LEIA MAIS!